fbpx

SempreUmPapoEmCasa recebe Regina Braga e Marta Góes

11 de agosto de 2020

A atriz Regina Braga e a escritora e dramaturga Marta Góes são as convidados de Afonso Borges para falaram sobre o livro “Um porto para Elizabeth Bishop” (Ed. Terceiro Nome), que está em sua segunda edição e que foi levado aos palcos em monólogo estrelado por Regina Braga. Essa será mais uma edição virtual do “Sempre um Papo” com transmissão ao vivo no Youtube, Instagram e Facebook do Projeto e o encontro vai acontecer no 25 de agosto, terça-feira, às 18h.

SempreUmPapoEmCasa, esta sequência de atividades é patrocinada pela Cemig, Itaú e Mater Dei, com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério do Turismo.

Sobre o livro e o monólogo – Um porto para Elizabeth Bishop
Em 1951, a poeta norte-americana Elizabeth Bishop (1911-1979) desceu no porto de Santos para uma breve escala no Brasil e aqui ficou por mais de 15 anos. Esse foi um dos mais importantes períodos de sua vida, no qual teve intensa produção literária, viveu um grande amor ao lado de Lota de Macedo Soares, uma das mais importantes paisagistas brasileiras, e recebeu o Prêmio Pulitzer de Poesia enquanto morava com Lota em Samambaia, perto de Petrópolis (RJ).

No monólogo “Um porto para Elizabeth Bishop”, Marta Góes foca principalmente esse período “brasileiro” da poeta e, além de discorrer sobre sua carreira e vida, nos oferece um retrato do Brasil visto por seu olhar estrangeiro. Elizabeth, por exemplo, faz críticas ao caos reinante no país, ao mesmo tempo que se encanta com o carinho acolhedor do povo.
O monólogo de Marta Góes foi escrito especialmente para a atriz Regina Braga, que recebeu diversos prêmios por esse trabalho e, desde a estreia em 2001, no Festival de Teatro de Curitiba, o apresentou em dezenas de cidades brasileiras. Vale mencionar o espetáculo na antiga Casa da Ópera de Vila Rica, inaugurada em 1770, hoje Teatro Municipal de Ouro Preto. Encantada pela cidade, a poeta viveu ali longas temporadas no casarão construído entre 1698 e 1711 que ela comprou e restaurou cuidadosamente. Na noite do espetáculo, a Casa da Ópera ficou repleta de amigos e conhecidos que ela deixou na cidade.
Esta segunda edição do livro é ilustrada com fotos que João Caldas fez de Regina Braga em cena como Elizabeth Bishop – na versão impressa, as fotos são em preto e branco, e na versão digital, são coloridas. Traz, também, textos de apresentação de Marta, de Regina e do escritor e jornalista Humberto Werneck, mineiro e leitor apaixonado por tudo o que Bishop escreveu. Werneck nos presenteia com pequenas histórias sobre Elizabeth reunidas por ele, que iluminam ainda mais a personagem que Marta Góes retrata neste “Um porto para Elizabeth Bishop”.

Marta Góes é jornalista e escritora. Além de Um porto para Elizabeth Bishop, é autora de peças teatrais como Prepare seus pés para o verão, Miss Cyclone, A reserva e A moça que falou assim, as três últimas publicadas no livro Mulheres virando o jogo. Entre outras obras, é também autora do infanto-juvenil A menina que se apaixonava e da biografia Alfredo Mesquita, um grã-fino na contramão, indicado ao Prêmio Portugal Telecom de Literatura e ao Prêmio Jabuti.

SempreUmPapoEmCasa com Marta Góes e Regina Braga

Dia 25 de agosto, terça-feira, às 18h, no canais web do Sempre Um Papo: Youtube, no Facebook e Instagram

Informações: www.sempreumpapo.com.br

Informações para a imprensa:
Jozane Faleiro – jozane@sempreumpappo.com.br / 31 992046367

[fbcomments]