fbpx

Sempre Um Papo recebe Flávia Péret, natural de Ouro Preto

15 de março de 2022

Foto: Bianca de Sá

O Sempre Um Papo, com o patrocínio da Gerdau, dá sequência à série de conversas com autores nascidos em cidades do interior de Minas Gerais, recebendo a escritora Flávia Péret, natural de Ouro Preto. O bate-papo tem como mote seu livro mais recente “Instruções para montar mapas, cidades e quebra-cabeças” (Guayabo Edições). Sob a mediação da jornalista Jozane Faleiro, a conversa acontece no dia 22 de março, terça-feira, às 19h, de forma online, com transmissão pelo YouTube do projeto.

Instruções para montar mapas, cidades e quebra-cabeças, lançado em 2021, é o mais recente livro de Flávia Péret. A obra reúne contos que se passam na capital da Argentina, Buenos Aires. Os cenários dos textos, para além dos tradicionais pontos turísticos, convidam o leitor a explorar locais invisibilizados da cidade e a se abrir ao inusitado e às diferenças. A narradora, uma estudante de literatura que deseja se tornar escritora, dialoga e faz referência a obras de escritores argentinos, como Rodolfo Walsh, Ricardo Piglia e Jorge Luis Borges.

O livro parte da própria experiência da autora, que morou em Buenos Aires em 2005, motivada por uma crise profissional. Lá, Flávia matriculou-se no curso de Cinema Documental da Universidade Livre Madres da Plaza de Mayo e em algumas disciplinas do curso de Letras e Antropologia da Universidade de Buenos Aires. Foi assim que seu interesse pela literatura como objeto de estudo e afeto se intensificou.

“Instruções para montar mapas, cidades e quebra-cabeças” está disponível gratuitamente, em formato e-book e audiolivro, no site da editora.

Sempre um Papo 36 anos

Criado em 1986, pelo jornalista Afonso Borges, o “Sempre Um Papo” é reconhecido como um dos programas culturais de maior credibilidade do país. O projeto realiza encontros entre grandes nomes da literatura e personalidades nacionais e internacionais com o público, ao vivo, em auditórios e teatros. Durante a pandemia, os encontros têm acontecido em formato virtual, com transmissão pelo YouTube do projeto.

Em sua história, já ultrapassou os limites de Belo Horizonte e chegou a 30 cidades, em oito estados do país, tendo sido realizado também em Madri, na Espanha. Em 35 anos de trabalho, aconteceram mais de 7 mil eventos, que reuniram um público superior a 2 milhões de pessoas.

O Sempre Um Papo é viabilizado com o patrocínio da Gerdau, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, via Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais – Secult – MG.

Serviço:

Sempre Um Papo recebe Flávia Péret

Dia 22 de março, terça-feira, às 19h

Local: YouTube do Sempre Um Papo

Informações: www.sempreumpapo.com.br

Informações para a imprensa:

Jozane Faleiro – jozane@sempreumpapo.com.br / 31 992046367

Conheça mais sobre a autora:

Além de escritora, Flávia Péret é professora e pesquisadora, mestre em Teoria da Literatura e doutora em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É autora dos livros: “Imprensa Gay no Brasil” (2011), “10 Poemas de Amor e de Susto” (2013), “Outra Noite” (2014), “Novelinha (2016)”, “Uma Mulher” (2017 e 2018),”Os Patos” (2018), “Mulher-Bomba” (2019), além de “Instruções para montar mapas, cidades e quebra-cabeças” (2021).

Em 2018, Flávia recebeu o prêmio Jean-Jacques Rousseau, da Akademie Schloss Solitude (Alemanha) pelo projeto “Uma Mulher” (livro e site de escrita expandida). Em 2010, venceu o prêmio “Memória do Jornalismo Brasileiro”, promovido pelo jornal Folha de S. Paulo. Há 10 anos, desenvolve e pesquisa processos no campo da palavra e sua interseção com outras linguagens.

Acompanhe Flávia Péret em suas redes sociais: Instagram e Facebook.

 Saiu na imprensa:

O quebra-cabeça do Prata (Bianca Tavolari, Quatro Cinco Um)

Jornalista conta em livro como foi se perder e se achar em Buenos Aires (Mariana Peixoto, Estado de Minas)

Instruções para montar mapas, cidades e quebra-cabeças (Revista Rascunho)

[fbcomments]