Tony Bellotto

Admirador de romances policiais, Bellotto lançou em 95 seu primeiro livro, “Bellini e a Esfinge”, a história de um detetive que vive no submundo de São Paulo. Dois anos depois, o personagem reapareceu numa segunda trama, “Bellini e o Demônio”. Em 2001, o guitarrista-escritor deu duas tacadas literárias de uma só vez: lançou o romance policial “BR 163 – Duas Histórias na Estrada” e, para o público infanto-juvenil, “O livro do guitarrista”, com dicas, discografia e curiosidades sobre a história do rock.

TEMÁTICAS ABORDADAS NO VÍDEO

• Literatura policial
• Rock
• Processo de criação literária

DISCIPLINAS

• Literatura
• Língua Portuguesa
• Música

OBJETIVOS

• Ampliar os conhecimentos acerca da literatura policial.
• Incentivar a leitura como meio de agregar novos conhecimentos.
• Estimular a produção de textos em seus diversos gêneros.