fbpx

Lucas Figueiredo conclui a mais interessante biografia de Tiradentes

22 de agosto de 2018

O Sempre Um Papo recebe o escritor Lucas Figueiredo para o debate e o lançamento do livro “O Tiradentes – Uma biografia de Joaquim José da Silva Xavier” (Cia das Letras), com participação especial de Ângelo Oswaldo de Araújo Santos, Secretário de Estado de Cultura de Minas Gerais, no dia 20 de setembro, quinta-feira, às 19h30, no auditório da Cemig, em Belo Horizonte. Apropriada para os mais diferentes fins desde o começo do período republicano, a figura de Tiradentes adquiriu o status de mito, mas curiosamente não havia ainda uma narrativa histórica que tivesse por centro a sua vida. Uma das causas dessa ausência é sem dúvida a parca documentação disponível sobre o “mártir da Inconfidência”. É de grande dimensão o resultado obtido por Lucas Figueiredo: com recurso a uma pesquisa abrangente em acervos nacionais e estrangeiros, e às descobertas mais recentes da historiografia, o autor reconstitui a trajetória do alferes, desde a sua experiência familiar, os anos de juventude, quando foi mascate, o trabalho no baixo escalão dos oficiais -, enfrentando as engrenagens da burocracia estatal -, o ofício paralelo de tratar (e tirar) dentes, até seu envolvimento na Conjuração Mineira.

Em paralelo, descortina-se um retrato vívido das Minas Gerais e do Rio de Janeiro do século XVIII: seus personagens, acontecimentos, e a circulação dos ideais revolucionários. Deixando para trás as especulações e os relatos fabricados, e unindo verve literária e rigor histórico, este livro é um trabalho ímpar de investigação, que dá a Tira-dentes a dimensão humana apagada na formação de sua história.

“Lucas Figueiredo conseguiu uma proeza nesta biografia de Tiradentes. Com base em vestígios por vezes esparsos e fugidios — relatórios secretos, cartas, inventários, processos judiciais e relatos de época —, montou um meticuloso quebra-cabeça histórico. Criativo e ao mesmo tempo crítico no trato com as fontes primárias e bibliográficas, sem deixar que o recurso da fantasia substituísse por uma única linha o necessário rigor da pesquisa, oferece agora ao leitor um livro magistral. Uma narrativa fluida e elegante. Uma trama bem urdida, que nos transporta no tempo e impressiona, sobretudo, pela capacidade de extrair de minúcias, fiapos de antigalhas e episódios remotos um renovado e excitante colorido.” – Lira Neto

Lucas Figueiredo, jornalista e escritor, nasceu em Belo Horizonte em 1968. Recebeu três prêmios Esso, dois Vladimir Herzog e um Jabuti. Foi repórter da Folha de S.Paulo e colaborador da rádio BBC de Londres. Também atuou como pesquisador da Comissão Nacional da Verdade e consultor da Unesco. É autor dos livros-reportagem Morcegos negros e Ministério do silêncio, entre outros.

Serviço: Lucas Figueiredo no Sempre Um Papo
Dia 20 de setembro, quinta-feira, às 19h30, no auditório da Cemig – Rua Alvarenga Peixoto, 1200, Santo Agostinho/BH. Entrada gratuita
Informações: 31 32611501 – www.sempreumpapo.com.br

Informações para a imprensa: Jozane Faleiro – jozane@sempreumpapo.com.br – 31 35676714 – 992046367

[fbcomments]