fbpx

Antonio Carlos Secchin em BH com agenda cheia

2 de agosto de 2018

Sempre Um Papo recebe Antonio Carlos Secchin

Antonio Carlos Secchin é o convidado do “Sempre um Papo” no debate e lançamento do livro Percursos da Poesia Brasileira: do século XVIII ao século XXI (Autêntica / UFMG), no dia 05/09, 4a-feira, às 19h30, no Teatro da Biblioteca Pública Estadual (Praça da Liberdade), em BH, com entrada franca. Guiado pela questão “Por que Ler este Poeta? ”, o autor propõe inovadoras reflexões acerca de autores consagrados e também daqueles esquecidos ou minimizados no cânone de nossas letras. A mediação será do gestor cultural Afonso Borges, criador do projeto, há 32 anos. Secchin é poeta, professor, ensaísta e membro da Academia Brasileira de Letras. 
 
Percorrendo desde o século XVIII, com Tomás Antônio Gonzaga, até alcançar alguns escritores do século XXI, como Ferreira Gullar e Chico Buarque, os ensaios apresentam uma história informal da poesia brasileira. Para o autor, os textos reunidos compõem uma “leitura seletiva” da trajetória da nossa lírica. “Como em toda operação seletiva, outros nomes/obras poderiam constar deste elenco, e, frente ao cânone consolidado pela historiografia literária, algumas inclusões de nomes/obras causarão surpresas”, comenta.
 
A enunciação ao mesmo tempo sofisticada e comunicativa que marca tanto a criação poética quanto o ensaísmo de Secchin está presente em cada passo deste Percursos da poesia brasileira. Seja no trato de questões genéricas – em ensaios que estampam questões de ordem histórica e sociológica – seja na verificação microscópica das engrenagens do texto literário, evidencia-se aqui a consciência apurada do crítico e sua surpreendente capacidade de multiplicar os sentidos da obra que examina.
 
Apresentando ensaios inéditos em livro, como: “Gonçalves Dias: poesia e etnia”, “Álvares de Azevedo: Morfeu & a musa”, “As ruas”, entre outros, o autor organizou os estudos na sequência cronológica da produção dos poetas para ressaltar  a referência histórica em que tais obras originalmente se apresentam.
 
Na véspera, dia 04/09, às 14h30, na Faculdade de Letras da UFMG, Secchin dará a  palestra “(Re)desdizer”, sobre sua trajetória poética, e na sequência autografará o livro com sua poesia reunida.
 
Livro: “Percursos da poesia brasileira: do século XVIII ao século XXI”
Autor: Antonio Carlos Secchin  – Páginas: 368 – Formato: 16 x 23 cm – Acabamento: brochura
Preço: R$47,90 – Editora: Autêntica – Grupo Autêntica – Coedição: Editora UFMG
 
Antonio Carlos Secchin nasceu no Rio de Janeiro. Poeta e ensaísta, é membro da Academia Brasileira de Letras e Professor Emérito da UFRJ. Autor de 15 livros, entre os quais  Desdizer  (poesia reunida, 2017), João Cabral: uma fala só lâmina (2014) e Papéis de poesia – Drummond & mais (2014). Organizou, entre muitas outras,  edições das obras poéticas de Cecília Meireles, João Cabral de Melo Neto e Ferreira Gullar. Colaborou com centenas de textos nos principais periódicos de cultura do Brasil e do exterior. Em 2013, o livro Secchin: uma vida em letras reuniu cerca de 90 artigos, ensaios e depoimentos acerca de sua contribuição nos campos do ensaísmo, da poesia, da ficção, do magistério e da bibliofilia.
 
Serviço:
Sempre Um Papo com Antonio Carlos Secchin
Dia 5 de setembro, quarta-feira, às 19h30,
Local: auditório da Cemig – Rua Alvarenga Peixoto, 1200, Santo Agostinho – Belo Horizonte.
Entrada Gratuita
Informações: 31 32611501 – www.sempreumpapo.com.br

Informações para a imprensa:
Jozane Faleiro – jozane@sempreumpapo.com.br – 31 35676714 / 992046367

[fbcomments]