fbpx

O encontro inédito de três poetas

14 de fevereiro de 2020

Thais Guimarães, Kiko Ferreira e Tonico Mercador. Três poetas que contém, em suas histórias de vida, a história da poesia moderna de Belo Horizonte. Com trajetórias profissionais distintas, eles mantém a tradição: Kiko é jornalista, especializado em música, Thais trabalha com divulgação de cinema e Tonico é publicitário. Mas todos tem a poesia no eixo de suas vidas. E estarão, no dia 03 de março, na sala Juvenal Dias do Palácio das Artes, em uma edição especial do “Sempre Um Papo”, conversando com o público, contando suas histórias e autografando seus livros. A mediação será de Afonso Borges, idealizador do projeto de incentivo à leitura, criado há 34 anos. Haverá tradução em Libras. A entrada é gratuita. Pede-se a doação de livro literários novos ou usados para o projeto de bibliotecas comunitárias do Sempre Um Papo.

 

KIKO FERREIRA

 

No evento, Kiko Ferreira lançará o livro de poesias “Manual de Berros e a Poesia Física” (Ed. Impressões de Minas), décimo livro do autor. a inspiração veio de noites de insônia, a convivência em grupos de whatsapp marcados pela polarização política e a leitura constante, no aplicativo, de mensagens acaloradas digitadas em caixa alta. Trata-se de uma publicação poética que navega pela relação do ser humano com o universo digital e que, ao mesmo tempo, busca o resgate do tempo da delicadeza, como cantado na canção de Chico Buarque, “Todo o sentimento”. Com um humor ácido, característica presente na obra poética completa do escritor, e críticas a uma sociedade que cada vez mais berra e não consegue dialogar, Manual de Berros não deixa de lado o lirismo romântico e apresenta versos que contêm ritmo, melodia e cadência, explicitando as relações íntimas do autor com a música e a comunicação, além das influências de Paulo Leminski, Leonard Cohen, Chacal, Marcelo Dolabella e Bob Dylan.

 

Kiko Ferreira é jornalista, radialista, letrista e poeta. Possui uma trajetória extensa no mercado de comunicação, tendo atuado em diversos veículos: Jornal Estado de Minas, Rádio UFMG, Rádio Guarani, Rádio Inconfidência, Rádio Geraes FM, Rádio 107 FM, Band Minas e TV Horizonte. Kiko também foi presidente da Rede Minas de Televisão e diretor de produção musical da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. Como escritor, Kiko Ferreira, desde a década de 80, já publicou nove livros de poesia e diversas coletâneas. Bibliografia de Kiko Ferreira: Participação na coletânea “Entrelinhas, Entremontes” uma reunião de 59 poetas mineiros contemporâneos que será publicada em Abril deste ano. “Slow Food” (Leve Um Livro) – 2016. ”Pó De Pedra” (Do Autor) – 2013. ”Musikaligrafia” (Scriptum) – 2009. ”Stet” (Scriptum) – 2007. ”Solo De Kalimba” (Scriptum) – 2003 2A. Edição 2006. ”Belo Blue” (Poesia Orbital) – 1997. ”Beijo Noir” (Do Autor) – 1996. ”Cio Em Setembro” (Do Autor) 1989 – 2A Edição (Rona) 1999. ”Cordiana” (Do Autor) – 1982. Algumas Coletâneas: 1O. Concurso De Poesia Sobre O Vinho – Universidade De Caxias Do Sul; Bh Em Poesia (94-96) Fascículo 10; Antologia Meninos Me – Mulheres Emergentes (2009); Terças Poéticas; E Pão E Poesia.

 

TONICO MERCADOR

 

Maranhense de nascença e mineiro por adoção, Tonico Mercador é um drop out. Abandonou todas as faculdades – Direito, Letras, Comunicação e Gastronomia – porque a vida o chamou e ele foi. Como selfmade man, decidiu que a poesia e a literatura eram o seu encanto, o seu espanto, o seu destino. Acompanhou a família pelo interior de Minas e já adulto, morou no Rio de Janeiro, depois em Londres, Paris, Stockholm e Belo Horizonte. Lavou pratos em restaurantes, foi faxineiro de hotel e de corpo de bombeiros, pintor de paredes, professor de português para estrangeiros, artesão, músico, presidente da Associação Profissional dos Escritores de Minas Gerais e diretor de redação da revista Palavra. Publicitário e tradutor, tornou-se um ativo colaborador do Suplemento Literário do Minas Gerais. Sempre disse para não se procurar coerência na poesia, mas revelações. É pai de quatro filhos. Publicou Itinerário da Era do Rock (Editora Dazibao, 1988), Iluminuras (Giordano Editorial, 1989), Perversos (Giordano Editorial, 1998), Hotel Ambos Mundos (Giordano Editorial, 2004), Olhos Quase Cegos (Giordano Editorial, 2009), A Flor de Zíaco (Edição do Autor, 2017), O Invasor de Livros (Caravana Grupo Editorial, 2019), Cantos de Silencio e Ausência (Sangre Editorial, 2019).

 

THAIS GUIMARÃES

 

Mineira, nascida no Ceará, é formada em Letras pela UFMG, em espanhol pela Universidade de Salamanca e cursou especialização em Gestão Estratégica da Informação na Faculdade de Biblioteconomia da UFMG. Nos anos 80, vendeu muito livro no mano-a-mano em bares e teatros de BH, Rio e SP, ao mesmo tempo foi professora de poesia para jovens e, desde então, já ministrou diversas oficinas para diferentes públicos. Na confluência entre a poesia e o audiovisual, idealizou e foi curadora do recital “Laís”, dirigido por José Adolfo Moura e filmado na casa da poeta Laís Corrêa de Araújo, antes da demolição do imóvel, com produção da Rede Minas de Televisão. Em 2016. criou a produtora Tercetto, que atua na área do audiovisual, sendo, também, um selo editorial. Tem publicados: Jogo de Cintura (poesia), BH, Ed. Dubolso, 1983; Dez Pretextos para uma noite de solidão (poesia), BH, Ed. Gatinhos, 1983; Bom Dia, Ana Maria (infantojuvenil), BH, Ed. Vigília, 1987, ganhador do Prêmio Jabuti de Melhor Produção Editorial Infantil (1988); Jogo de Facas, Ed. Quixote, 2016; Uma praça chamada Liberdade, em parceria com Carlos Ávila, Ed. Tercetto, 2019. Também publicou as plaquetes Seis Poemas, BH, Ed. Poliedro, 2012, Notas de Viagem, BH, Coleção Leve um Livro, 2015 e A Poetisa (prêmio OFF FLIP de poesia em 2019). Tem poemas publicados em revistas e jornais, entre os quais: revista Olympio; Suplemento Literário de Minas Gerais, Suplemento Literário do Estado de São Paulo, Caderno de Cultura e Pensar do jornal Estado de Minas, Bodoque e Há Vagas, tendo também participado das antologias Dez poeta em volta da mesa (BH,1984), Taquicardias (BH,1985), Poemas no ônibus e no Trem (Porto Alegre, 2012) e de antologias virtuais, como Tanto (2000), Blocos on-line / Poesia para mudar o Mundo (2013), Antologia Feminina Contemporâneas (2016) e Antologia OFF-FLIP 2019. Também está participando da antologia de poesia mineira “Entrelinhas, Entremontes”, que será lançada em abril de 2020.

 

Serviço:

 

Sempre Um Papo com Thais Guimarães, Kiko Ferreira e Tonico Mercador.
Dia 03 de março , terça-feira, às 19h30, na sala Juvenal Dias do Palácio das Artes – Av. Afonso Pena 1537, Centro, Belo Horizonte. Entrada gratuita.
Informações: 31 32611501 – www.sempreumpapo.com.br

 

Informações para a imprensa:
Jozane Faleiro – 31 992046367 – jozane@sempreumpapo.com.br

[fbcomments]