fbpx

Sempre Um Papo e Sesc 24 de Maio recebem Monja Coen

1 de abril de 2019

O Sempre Um Papo e o Sesc 24 de Maio recebem a Monja Coen, fundadora da Comunidade Zen-budista do Brasil, para debate sobre o tema “O Tempo de cada um e o Tempo do Mundo”, uma reflexão dessa que é maior dicotomia que vivemos, atualmente. Como encontrar a paz para ajustar o tempo veloz e louco do mundo ao nosso tempo interior? Em que condições? A que custo? Essas e outras questões estarão no centro do debate. No evento, também haverá o lançamento do livro “Nem anjos nem demônios: A humana escolha entre virtudes e vícios” (Papirus 7 Mares), escrito em parceria com o filósofo Mario Sergio Cortella. O encontro será no dia 28 de maio, terça-feira, às 19h30, na rua 24 de Maio,109, Centro (SP), com entrada gratuita.

No livro, Monja Coen e Cortella trazem a filosofia e a espiritualidade para uma conversa sobre vícios e virtudes. Como podemos transformar vícios em virtudes? De que adianta ser bom num mundo tão corrupto e injusto? Como somos quando ninguém está nos vendo? Todo ser humano tem salvação? Os autores debatem essas e outras questões no novo livro. Não há dúvidas de que somos seres capazes de virtudes e de vícios. Monja Coen acredita que “se, por exemplo, começarmos a imitar alguém que fala gentilmente, vamos nos transformando, até chegar o momento em que aquilo deixa de ser uma cópia e se torna o que somos”. Os autores falam também sobre a importância de praticar a virtude, independentemente de qualquer situação. Monja Coen cita Gandhi: “Somos a transformação que queremos no mundo”. “Nem anjos nem demônios: A humana escolha entre virtudes e vícios” nos leva a refletir sobre o outro como nosso semelhante, a intolerância cada vez mais presente em nosso cotidiano e a falta de compaixão. Monja Coen lembra que “devemos fazer o bem a partir da identificação, da empatia com o outro, do coração como cerne do nosso eu verdadeiro. Ações devem ser realizadas através da pura compaixão. E a compaixão só surge se houver sabedoria. A sabedoria é o portal da virtude, é o portal de uma vida ética”. Diante de nossas escolhas, estamos no caminho certo? “Nem bom nem ruim, acho que o ser humano nasce com determinadas características, que podem ser alteradas por meio da educação, do convívio e de práticas que o transformam”, reflete Monja Coen.

Monja Coen, como é conhecida Claudia Dias Batista de Souza, foi jornalista profissional em sua juventude e hoje atua como missionária oficial da tradição Soto Shu. Primaz fundadora da Comunidade Zen-budista do Brasil, segue os ensinamentos de Buda e participa de encontros educacionais, culturais e inter-religiosos, com o objetivo de difundir princípios em prol da preservação do meio ambiente, da defesa dos direitos humanos e da criação de uma cultura de não violência e paz.

Serviço:
Sempre um Papo com Monja Coen
Dia 13 de maio de 2019, terça-feira, às 19h30, no Sesc 24 de Maio
Rua 24 de Maio, 109, Centro (SP)
ENTRADA GRATUITA
Informações: (11) 3350-6300 – www.sempreumpapo.com.br

Informações para a imprensa:
31 992046367 / jozane@sempreumpapo.com.br

[fbcomments]