fbpx

Sempre Um Papo abre programação 2020 com Túlio Mourão

17 de janeiro de 2020

O músico e compositor Túlio Mourão é o convidado do Sempre Um Papo para abrir a programação do ano com o lançamento do livro “Alma de Músico” (Ed. Gulliver) em comemoração aos seus 50 anos de carreira do artista. O evento será no dia 4 de fevereiro , terça-feira, às 19h30, na sala Juvenal Dias do Palácio das Artes, em Belo Horizonte, com entrada gratuita. A mediação será de Afonso Borges.

“Alma de Músico” tem como conteúdo principal a vida e a carreira registradas em memórias do autor. A obra envolve o leitor com os relatos das vivências do músico, dispostos de maneira fluída em diversas crônicas.

Como autor de premiadas trilhas sonoras, as crônicas da obra trazem de suas ricas histórias que compõem a Música Popular Brasileira. Mineiro de Divinópolis, Túlio Mourão já se associou a grandes nomes do MPB, como: Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Maria Bethânia, Chico Buarque, Fagner, entre outros. Além disso, já integrou a banda “Os Mutantes”, na época do rock progressivo e participou da gravação do disco “Tudo foi feito pelo sol”, lançado na década de 70.

De acordo com Túlio, a inspiração para escrever suas memórias surgiu da percepção de que os artistas, letristas, jornalistas e compositores, relataram experiências dramaticamente diferentes das que foram vividas por adolescentes na ditadura, sendo algo determinante para decisão de escrever essas memórias.

Túlio explica o porquê dessa diferença e enfatiza a necessidade que os jovens sentiam de dialogar com a sociedade da época: “Isso porque importantes mudanças, crises, questionamentos e modismos afetavam os adolescentes de maneira um tanto particular. A verdade é que, na década de 60 e 70, adolescentes não tinham canal pra vocalizar a tremenda inquietação que lhes chegavam do mundo, e aqui encontraram a mais dura repressão.” – diz.

O autor também menciona sobre a influência que teve de Frei Betto, no momento em que ele enfatiza a relevância de sua história para contextualização de conhecimentos no MPB: “a resistência que me restava, Frei Betto tratou de vencê-las, me convencendo que o conteúdo de minhas vivências e aprendizado se configuravam em informações relevantes para composição de conhecimento e contextualização da cena musical brasileira.” – relata.

Sobre Túlio Mourão

A música instrumental de Túlio Mourão se apoia numa consistente construção melódica. O exercício e a vivência como premiado autor de trilhas sonoras lhe permite criar temas que estão muito longe de meros pretextos para improvisação. Túlio busca um perfil pessoal e original dentro da música instrumental brasileira, metabolizando elementos que vão da música erudita aos cânticos religiosos da tradição sacra e popular de Minas Gerais. O pianista exercita um perfil mais brasileiro e rítmico através de uma estimulante dinâmica entre a mão esquerda e direita, resultando numa síntese batizada de jazz mineiro. Mineiro de Divinópolis, Túlio Mourão é protagonista de uma rica história dentro da Música Brasileira. Integrou a banda Mutantes na fase do rock progressivo e em seguida esteve na banda de artistas como Milton Nascimento, Maria Bethânia, Chico Buarque, Ney Matogrosso, Fagner, entre outros. Suas canções têm parceria com Milton Nascimento, Adélia Prado, Fernando Brant, Márcio Borges, Ronaldo Bastos, Abel Silva, Sérgio Dias, Tavinho Moura, Murilo Antunes e Nelson Motta, e foram gravadas por nomes como Milton Nascimento, Maria Bethânia, Nara Leão, Ney Matogrosso, Zimbo trio, Eugênia Melo e Castro. Merecem destaque a gravação das músicas: ”Depois da paixão ” com o guitarrista Pat Metheny e “a primeira estrela” pelo saxofonista americano Bob Berg, numa produção assinada por Chic Corea e participação de músicos notáveis como Steve Gad, Victor Bailey, e Gil Goldstein.
Túlio Mourão também é diretor artístico do projeto “Orquestra Jovem de Divinópolis”, que é uma ação estruturante e permanente de formação artística e cultural, que tem por base um núcleo de ensino de música com perfil de inclusão social oferecendo alternativas de aprimoramento pessoal, qualificação profissional e integração assistida para jovens de Divinópolis.

Serviço:
Sempre Um Papo com Túlio Mourão
Dia 4 de fevereiro , terça-feira, às 19h30, na sala Juvenal Dias do Palácio das Artes – Av. Afonso Pena 1537, Centro, Belo Horizonte. Entrada gratuita.

Informações para a imprensa:
Jozane Faleiro – 31 992046367 – jozane@sempreumpapo.com.br

[fbcomments]